Deixe um comentário

Adquirindo um novo companheiro (Bulldog)

Primeiramente seria correto ser avaliado a saúde dos pais, muitos filhotes nascem com sarna demodécica , que é uma doença genética. Muitos estudos e veterinários afirmam que é passado tanto do pai quanto da mãe, já outros que só pela mãe durante a amamentação. Mas no geral é um problema muito comum em bulldogs, a demodécica se manifesta criando falhas no pelo do filhote, e as vezes feridas, isso acontece sempre que a imunidade do seu filhote estiver muito baixa. É necessário avaliar se os filhotes são bem tratados antes da compra, isso pode acarretar em muitos outros problemas depois. E se você tem tempo suficiente para cuidá-lo. Bulldogs exigem mais cuidados muitas vezes, seja por sua facilidade em dermatites, ou seu sistema respiratório “defeituoso”. Sempre devemos manter atenção, deixar agua limpa e fresca e o ambiente bem ventilado, caso contrário em dias de calor excessivo ele pode ter hipertermia e até morrer. O valor normalmente está em torno de R$ 2.000,00 à R$3.500,00. Mas isso definitivamente não significa que você não encontrará filhotes por valores menores ou superiores a isso. Procure se informar bem, e pesquisar o máximo possível antes de dispor desse valor e correr o risco de se arrepender depois.

super bulldog

bulldog vestido de super homem

Deixe um comentário

Bulldog francês, pug ou boston terrier?

Uma das coisas mais normais que acontecem quando saio com meu bulldog, é perguntarem a raça dele. Normalmente pedem se é um pug, até por seu pelo ter uma cor parecida, mas, já vi gente com medo achando que era um pitbull (sim, acreditem). Outro grande problema, é que devido a grande semelhança entre o bulldog francês e o boston terrier (que é menos conhecido), acabam “vendendo gato por lebre”, fazendo com que várias pessoas achem que estão comprando um bulldog, mas na verdade é um boston. Felizmente, esse post pode te ajudar a saber se o seu cachorro ou futuro cachorro é realmente um bulldog, ou se é de alguma outra raça.

O Boston Terrier se caracteriza por ter uma espécie de máscara no rosto, dividindo-o ao meio, e uma faixa branca em seu pescoço. Tem também um fuço menos enrugado e levemente mais comprido, seu dorso é reto, suas orelhas são eretas, maiores e mais pontudas, tem um porte mais atlético, tem rabo curto, aparentam ser mais delicados, são agitados e bons cães de guarda, enérgico, impaciente e agitado.

Os Buldogues Franceses tem seu rosto mais enrugado, seu corpo é mais “parrudo”, dando uma aparência de forte, suas orelhas são arredondadas na pontas e eretas, seu dorso é descendente em direção a cauda, seu rabo é curto, normalmente em parafuso ou “quebrado”, aparentam quase sempre estar fora de forma, são mais tranquilo, menos agitados e menos esportivos, não costumam latir muito, tem uma musculatura mais avantajada que as outras raças comparadas.

O Pug é o cachorro do filme “Homens de Preto”, ou “MIB”. Tem suas orelhas caídas e sua cauda enrolada para cima. Normalmente são encontrados nas cores preta ou fulvo (uma espécie de bege), tem tendências maiores a ficar gordo, sua cabeça é pequena em relação ao corpo, suas patas são mais finas e seu corpo é mais curto.

Para facilitar a diferenciação, comparamos as três raças em uma foto:

diferença das raças

Deixe um comentário

Cuidados com a raça

ALIMENTAÇÃO
Filhotes comem 3 vezes ou mais por dia. Enquanto seu filhote for crescendo, você pode diminuir essa quantidade para 2 vezes ao dia, em horários que estiver mais disponível para cuidar de seu cachorro. São vários os casos em que a alimentação com ração não faz bem para o animal, não dá os nutrientes que ele precisa, ou acaba gerando doenças de saúde, caindo pelo, etc. por isso, muitos acabam por utilizar a alimentação natural. Essa dieta consistiria basicamente em alimentos crus, carnes com osso e outros alimentos como vegetais, frutas, ovos e peixe. A melhor alimentação para um cachorro é uma alimentação de qualidade, que faça lhe faça bem, e que o dono e o cão aprovem.

French bulldog eating

Bulldog Francês comendo

EXERCÍCIOS
Evite exercícios em que o cachorro tenha que pular, como por exemplo: Pular para camas e sofás e descer repetidamente, pular de degraus e exercícios forçados de pular em geral. Esses movimentos verticais podem aumentar a pressão nas articulações e pode vir a causar alguma deformação de posição das patas quando forem pequenos ainda. Pular ou ficar em pé em duas patas podem causar lesão medular em seu frenchie. Temos sempre que ter muito cuidado.

CALOR

O Bulldog Francês é muito sensível ao calor e pode ficar muito quente em pouquíssimo tempo, correndo sério risco de sofrer um ataque de calor e morrer.Em dias quentes, observe seu Frenchie bem de perto. Nunca deixe seu cachorro sozinho dentro de um veículo e evite sair em horários com sol forte. O cão ofegando excessivamente e com as faces internas das orelhas avermelhadas são sinais de risco de ataque de calor. Em caso de emergências, envolva seu cão em uma toalha molhada e utilize um ventilador ou ar condicionado para refrescá-lo, além de oferecer cubos de gelo para ele lamber. Jamais ofereça água gelada nem coloque-o em banheira com água gelada.

Bulldog francês se refrescando

FACE
A cabeça de um Bulldog Francês é repleta de dobras, especialmente na região do focinho e dos olhos. Limpe pelo menos uma vez por semana, ou sempre que achar necessário, as dobras de seu cachorro, com gaze, cotonete ou algodão umedecidos em óleo mineral ou vaselina líquida. Passe nas ruguinhas delicadamente, a fim de remover toda a sujeira acumulada. Depois de fazer isso seque bem a região com uma gaze seca e remova bem todo o óleo. Utilize-se de um cotonete para alcançar as áreas mais difíceis. Para finalizar, utilizamos e recomendamos produtos veterinários fitoterápicos que previnem assaduras da região (Fitofix gel, da Organnact). Hidrate, também, o focinho, sempre que achar necessário. Esfolie-o gentilmente com gaze ou uma toalhinha + vaselina líquida ou óleo mineral. Caso haja alguma ferida ou o focinho esteja extremamente seco, recomendamos o uso de pomadas naturais à base de lanolina (do tipo para amamentação).

OLHOS
Talvez o problema mais comum e recorrente na raça seja o prolapso da terceira pálpebra (“cherry eye”). O reposicionamento é super simples, saiba como fazer e evite uma cirurgia.
Os olhos dos Buldogues Franceses merecem cuidados redobrados. Por serem uma raça braquicefálica (focinho retraído), eles ficam mais expostos, e podem ser alvo de lesões oculares. Sempre tomar cuidado com brincadeiras perto de plantas pontiagudas ou arranhões nessa região. Em caso de suspeita de úlcera, evitar tratamentos a base de colírios com corticóides e procurar rapidamente um Médico Veterinário OFTALMOLOGISTA.
Secreção ocular em excesso também pode ser indício de algum problema. Consulte seu Médico Veterinário Oftalmologista caso ache que seu frenchie produz lágrimas demais. Caso seu cão tenha uma pelagem de cor clara, marcas de lágrima talvez ocorram nos cantos dos olhos. A limpeza frequente da área pode minimizar o problema.

PARTES ÍNTIMAS E PATINHAS
Após passeios e sempre que achar necessário, recomendamos uma solução de 1 parte de Higiapele (Johnson’s) para 3 partes de água, em um borrifador. Limpe as regiões com algodão ou gaze embebido na solução. Na fêmea, finalize a região da vulva com talco antisséptico, principalmente nas que tem muitas dobrinhas.

UNHAS
Mantenha as unhas de seu buldogue francês curtinhas. Cuidado ao cortar em casa, pois as unhas são vascularizadas. Tenha em mãos um pó hemoestático (Granado) e um cortador. Se cortar as unhas for um problema para você, talvez seja interessante investir num dremel (lixador), nosso método de escolha. Como lixar as unhas de cães utilizando o dremel.

Deixe um comentário

Conheça o Bulldog Francês

Pequeno, robusto, com sua cara amassada e orelhas grandes, parecidas com a de um morcego, estamos falando sobre o Bulldog Francês. Cada vez mais essa raça está ganhando admiração das pessoas pelo mundo. Muitas pessoas acham que sua aparência é agressiva, ou seja, “um cachorro que morde”, mas isso tudo se desmente ao passar pouco tempo com o cachorro, para que ele demonstre como é um cachorro dócil. Geralmente são confundidos com cães de outra raça, como o Pug e o Boston Terrier.

HISTÓRICO
O “Frenchie”, como é conhecido o Bulldog Francês, é uma raça que deve sua existência a pelo menos três países: Inglaterra, França e EUA. A Inglaterra ajudou com a base da raça, que foi o antigo Bulldog. Criadores franceses transformaram esses pequenos Bulldogs em um tipo francês distinto, e criadores Americanos foram os primeiros a exigir as tão conhecidas orelhas de morcego.

Hoje, os Buldogues Franceses são excelentes cães de companhia, e um dos cães mais especiais que existe. Sua carinha engraçada e seu temperamento divertem as pessoas enormemente, então é difícil passear com um Frenchie sem chamar atenção. Poucos conseguem segurar o sorriso quando vêem um Bulldog Francês vindo em sua direção, e alguns mais corajosos até se aproximam e tentam adivinhar a raça do “cãozinho esquisito” com cara de malvado, mas doce como o mel.

APARÊNCIA
Pesam normalmente de 8 a 15 kg, e podem chegar a até 40 cm de altura. Apesar de serem pequenos, tem um corpo avantajado, tem a semelhança de um tourinho em miniatura.  Geralmente, a primeira coisa que chama a atenção das pessoas para esse francesinho é sua cabeça quadrada, com suas orelhas de morcego e olhos arredondados e observadores.  O focinho é muito largo e a pele na cabeça parece “estar sobrando”, por causa de suas adoráveis rugas. Também chama a atenção pelo fato de sua respiração não ser muito boa, causando os famosos “ronquinhos”, ou por parecer atrapalhado quando está se movendo.

TEMPERAMENTO

buldogue francês adulto

bulldog francês adulto

Apesar de seu temperamento variar muito, geralmente os buldogues franceses são cachorros carinhosos e brincalhões. Eles adoram crianças e parecem sentir algum tipo de companheirismo com eles. Ao ver uma criança, o bulldog francês se enche de entusiasmo. O Frenchie também adora ser o centro de atenções e vai, sem nenhum pudor, se enfiar no centro de qualquer roda de amigos e começar a encantar a todos.

O Bulldog Francês é um muito confiante, talvez até meio convencido. Por esta razão, não sentem necessidade de latir nem de ter medo de outros cães, o que deixa alguns cães maiores desconsertados e perplexos, por não ser nada típico de raças pequenas. Por isso, dizemos que o Buldogue Francês é um pequeno filhotinho de um grande cão..

ESTILO DE VIDA
Uma das muitas características positivas dos buldogues franceses é que eles se adaptam a quase tudo. Com um frenchie, você pode fazer qualquer coisa que gosta e morar em qualquer lugar. Ele sempre está feliz em passear ou então brincar. Mas o que eles preferem mesmo é o conforto e a boa vida.

Eles dão muito certo em espaços pequenos como apartamentos, pois preferem a companhia acima de qualquer palacete. Não são latidores excessivos, os vizinhos muitas vezes chegando a achar que não moram ao lado de um apartamento com cães. Além disso, a necessidade de exercício de um bulldog francês é inteiramente dependente do gosto de seu dono. Os frenchies ficam felizes em dar uma voltinha básica ou até um passeio daqueles. Mas, temos sempre que ter muito cuidado antes de o levar para passear, já que é uma raça que requer inúmeros cuidados.

PARTICULARIDADES

O lado ruim de um frenchie é sua dependência extrema do dono. Depois de experienciar a vida com um francesinho, você provavelmente achará todas as outras raças totalmente entediantes. Eles também não são bons nadadores e o perigo de ataque de calor também é muito grande, então caminhadas em dias ensolarados não são recomendadas. O Buldogue Francês pode ter problemas de pele, típicos de cães com pelagem curta, além de alguns problemas do coração e da coluna, típicos de raças pequenas.

LAZER
É um cão ideal para quase qualquer tipo de atividade, principalmente se você gosta de desafios. Mas não esqueça que não é prudente sonhar em alcançar níveis de obediência mais altos do que os básicos. E o mais importante, não se sinta traído quando ele for abordado por outras pessoas e se derreter completamente. A companhia que o bulldog francês escolhe não é muito selecionada. Se for necessário, ele brinca com qualquer um, literalmente. Tudo que precisa é de um pouco de atenção e carinho, e qualquer um pode ser o seu novo melhor amigo, ao menos naquela hora.


Deixe um comentário

Aparência

Bulldogs são cães de pelo curto, pequenos e encorpados, geralmente confundidos com pug ou boston terrier. Bulldogs geralmente são mais fortes, e chamados muitas vezes de cabeça de morcego ou porquinho, devido a sua fisionomia, e/ou respiração.

Bulldogs são cães que no geral tem tendência a ganho de peso, tendo em vista que você deve sempre ter atenção a alimentação do seu filhote, e aos exercícios, que não podem ser demasiados devida a sua dificuldade de respiração.

Eles normalmente devem ter um porte pequeno, mas não são nem de longe leves ou frágeis como raças “toy” são geralmente. Seu rosto é quadrado, e suas orelhas sempre em pé e arredondadas nas pontas. Seu rabinho curto e geralmente torto como se tivesse sido mal cortado quando filhote.

São cães inteligentes e teimosos, podem ser capazes de entender que algo que fazem é errado e ainda sim insistir em fazê-lo. São ótimos com crianças e adoram brincar e correr, geralmente ficam agitados facilmente quando percebem que você está disposto a brincar, ou leva-los a passear.

As cores do pelo costumam variar entre:  tigrado, tigrado dourado (ou inverso),  creme, branco, branco/tigrado, fulvo e branco com fulvo.  Cores como fígado, cinza, preto (sem nenhuma mancha tigrada),  azul e cinza não são aceitas pelo padrão da raça.

%d bloggers like this: